Hoje as pessoa estão estimando mais “valores” do que amar ao ponto de se sacrificar e perseguir. Digo o seguinte a essas pessoas que valores não vão fazer você ser salva por Deus. Pare de perder tempo de foçar as pessoas seguirem e terem o mesmo “suposto valores” que o seu. Se preocupe em amar mais o próximo pois é único valor aceitável para Deus, segundo Jesus Cristo. Quando o fariseu perguntou a Jesus qual era o maior mandamento o que ele respondeu? Ele respondeu: “Amar o próximo e a Deus” (Mat. 22:39). Ele falou em guardar o sábado? Falou em apedrejar, criticar, fofocar, surrar, desfazer do próximo e matar o infiel? Também disse não comprar produtos da Boticário e sabão de pó Omo? Não, ele disse que só bastava para o cristão amar o próximo genuinamente. Será que estou eu lendo errado a Bíblia?

Jesus não parou por ai. Ele destaca que uma pessoa talvez sem obras nenhuma, somente tendo amor, mais vale daqueles que só vive realizando obras ou destacando seus “supostos valores” (Mat. 7:22, 23). Será que valores e sua imagem são mais importantes para você? Como vai exercer perdão e amor próximo ou ao inimigo sendo intolerante ou empreendo uma caças a bruxa?

Lembre-se no mundo de duas coisas: 

  1. Na vida real as pessoas nunca terão os mesmo valores, pois não tem a mesma criação e cultura sua. Deus fez ser humano para pensar e agir diferente. Por causa do livre-arbítrio é justo pensar, escolher diferente.
  1. E que os cristãos com os mesmo princípios que seus, têm e podem ter consciência diferente. Ao comer, beber, ler, ouvir e assistir. E nem por isso devem ser julgadas (Mat. 7:1; Rom. 14:13, 19). Na bíblia há diversos exemplos de cristãos e apóstolos por questão de consciência que não tolerava carne, bebida e ainda continuava guardar o sábado. Mas nem por isso houve uma Guerra Civil entre eles. Jesus foi julgado por transformar agua em vinho? Pelos que pela consciência acham errado em consumir bebidas alcólicas?

Não é porque antes você era mais sujo que pau de galinheiro que agora que se firmou em uma fé, que todos tem que agir e pensar como você. Não adianta ser alienado ou cristão bitolado pois continua mais sujo que pau de galinheiro! Pare de ficar se destacando e forçando outros a ter o seus valores, achando que Deus vai te salvar por isso. Pare que está ficando feio! Vivemos em tempos que nunca foi mais necessário união como hoje. Hoje as pessoas estão mostrando muito ódio gratuito como nunca foi possível. Causado por valores, verdades, opiniões e pensamentos diferentes. Então seja menos críticos e guarde os valores e princípios para você e tenha mais amor pelo próximo. 

Mas, não significa que agora se tem que viver uma vida sem valores. Não faça isso! A dica é ter equilíbrio nunca ser “paladino” de mais ou “radical” demais. Amar é respeitar, tolerar as diferenças, pensamentos, opinões e escolhas do próximo, mesmo que você não concorde. Dizer que ama o próximo e ser intolerante não adianta. Não vivemos mais no tempo das Cruzadas! Então pare de forçar as pessoas a terem os seus valores. 

Ou vai acabar que no fim do seus dias ouvindo de Deus: “Eu não pedi nada dessas coisas, você fez porque queria, a única coisa que pedir era você amar o próximo!”

Categorias: Opinião

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *